Header Ads

header ad

Promotoria pede arquivamento do processo contra o goleiro Jean


A promotoria da Flórida solicitou à Justiça norte-americana o arquivamento da denúncia contra o goleiro Jean. Em 18 de dezembro do ano passado, o jogador do São Paulo que atualmente está emprestado ao Atlético Goianiense foi detido em Orlando pela acusação de ter agredido a sua esposa, Milena Bemfica, durante uma viagem de férias.

Jean foi detido por violência doméstica. O caso de agressão se tornou público quando Milena publicou vídeos nas redes sociais. A mulher do jogador denunciou o marido por agressão e mostrava nas imagens que estava com o rosto inchado e com hematomas.

O atleta foi solto um dia após sua prisão, sem a obrigação de pagar fiança. Após o caso, o São Paulo decidiu suspender o contrato com o jogador até o final de 2020. O goleiro então acertou sua transferência por empréstimo ao Atlético-GO.


No boletim de ocorrência, o xerife do caso relatou que o atleta teria dado oito socos na vítima e que a mulher, tentando se defender, teria atirado uma chapinha de cabelo nele, o que teria cortado sua perna. Ainda segundo o documento, as filhas teriam testemunhado a agressão.
Tecnologia do Blogger.